sexta-feira, 18 de junho de 2021

Congresso "Endodontia em Foco 2021".



2° Fórum Brasileiro de Infecção Odontogênica - Evento promovido pela Sociedade Brasileira de Traumatologia Dentária (SBTD).



 

Fazer canal no dente tem preço ou valor?

(Clique na imagem para ampliar)
 


Tratamento de canal dói? Molar superior com 4 canais e acesso conservador.

(Clique na imagem para ampliar)

    O tratamento dos canais neste molar superior foi realizado aproveitando-se o acesso pela região onde existia uma restauração deficiente e com presença de tecido cariado sob esta restauração, com o objetivo de conservar o máximo possível de estrutura dental.
    Realizado o acesso coronário, foram localizados 4 canais.
    Ao final do tratamento endodôntico foi confeccionado núcleo de preenchimento com resina composta e encaminhado para a realização de reabilitação protética.
    Ah, já ia me esquecendo: tratamento de canal não dói, desde que tenha sido realizado uma anestesia efetiva do dente a ser submetido ao tratamento de canal. Um dos objetivos do tratamento de canal é justamente ELIMINAR A DOR que as pessoas sentem quando está com o dente comprometido.


Tratamento de Canal com restauração e núcleo de preenchimento com resina composta.





(Clique na imagem para ampliar)

    Estes dois dentes, tanto o molar quanto o pré-molar inferior, previamente ao tratamento endodôntico, foram submetidos a reconstruções coronárias com resina composta logo após a remoção das restaurações antigas de amálgama e remoção do tecido cariado adjacente, com o objetivo de criar condições clínicas favoráveis à execução dos tratamentos endodônticos.
    Ao final dos tratamentos endodônticos, foram confeccionados núcleo de preenchimento com resina composta e encaminhados para realização de tratamento reabilitador protético com coroa total.


quarta-feira, 14 de abril de 2021

Retratamento Endodôntico: Acompanhamento de 2 anos.


(Clique nas imagens para ampliar)

Sugestão de leitura do artigo: Clinical Implications and Microbiology of Bacterial Persistence after Treatment Procedures José F. Siqueira Jr, PhD, and Isabela N. Rôças, PhD JOE — Volume 34, Number 11, November 2008

 Segue alguns trechos:

“...estudos revelaram que o resultado do tratamento endodôntico é significativamente influenciado pela presença de bactérias nos canais radiculares no momento da obturação. Isso indica que as bactérias persistentes podem sobreviver em canais tratados e são capazes de induzir ou sustentar a inflamação do tecido perirradicular, sustentando o conceito de que a erradicação de bactérias do sistema de canal radicular deve ser o objetivo final do tratamento endodôntico de dentes com periodontite apical.”

“...os procedimentos endodônticos devem focar não apenas na prevenção da introdução de novos microrganismos no sistema de canais radiculares, mas também na eliminação daqueles localizados nele. A taxa de sucesso do tratamento endodôntico dependerá de quão eficaz o clínico é em atingir esses objetivos.”

“É bem conhecido que para qualquer espécie bacteriana causar doença, ela deve atingir uma densidade populacional (carga) que conduza a danos nos tecidos causados pelas próprias bactérias ou pelos mecanismos de defesa do hospedeiro em resposta à infecção. Antes que um quorum de células bacterianas seja alcançado no local infectado, nenhum sinal e sintoma clínico da doença é aparente.”

“Idealmente, os procedimentos de tratamento endodôntico deveriam esterilizar o canal radicular (ou seja, eliminar todos os microrganismos vivos presentes em todo o sistema de canal radicular). No entanto, dada a anatomia complexa do sistema, é amplamente reconhecido que, com os instrumentos, substâncias e técnicas disponíveis, cumprir esse objetivo é utópico para a maioria dos casos. Portanto, o objetivo alcançável é reduzir as populações bacterianas a um nível abaixo do necessário para induzir ou manter a doença.”

“O desafio agora é definir os níveis bacterianos a serem alcançados durante o tratamento que sejam compatíveis com a cicatrização.”

“Entrincheiradas na localização anatômica privilegiada do sistema de canais radiculares, as bactérias estão fora do alcance das defesas do hospedeiro e dos antibióticos administrados sistemicamente. Portanto, infecções endodônticas só podem ser tratadas por meio de intervenção profissional usando procedimentos químicos e mecânicos. As principais etapas do tratamento endodôntico envolvidas no controle da infecção são representadas pelo preparo químico-mecânico e medicação intracanal. O preparo químico-mecânico é de suma importância para a desinfecção do canal radicular, pois os instrumentos e irrigantes atuam principalmente no canal principal, que é a área mais volumosa do sistema e, consequentemente, abriga o maior número de células bacterianas. A eliminação bacteriana do canal radicular é realizada por meio da ação mecânica de instrumentos e irrigação, bem como pelos efeitos antibacterianos dos irrigantes.”

“A determinação do limite de níveis bacterianos abaixo do qual uma resposta favorável do hospedeiro é esperada pode ajudar a estabelecer uma meta a ser focada e tem o potencial de conduzir a padronização dos protocolos de tratamento. Em outras palavras, os melhores protocolos de tratamento são aqueles que reduzem a contagem de bactérias a níveis abaixo de um limite conhecido.”

Explicação da figura ilustrativa do artigo:

“Objetivo microbiológico do tratamento endodôntico de dentes com periodontite apical. (A) As bactérias devem atingir um quorum de células suficiente para causar doenças (carga bacteriana). Antes que um limite seja atingido, nenhum sinal e sintoma clínico da doença é evidente. (B) Depois que os níveis bacterianos atingem e ultrapassam esse limite, a doença infecciosa (periodontite apical) é estabelecida. (C) Se os procedimentos de tratamento não conseguirem reduzir os níveis bacterianos abaixo desse limite, a doença persistirá. (D) O tratamento bem-sucedido não esteriliza necessariamente o canal radicular, mas reduz as populações bacterianas a níveis subcríticos que são compatíveis com a cura.”



sexta-feira, 9 de abril de 2021

segunda-feira, 29 de março de 2021

Pino de fibra de vidro: quando e quem pode (ou deve?) instalar?


(Clique nas imagens para ampliar)

Após concluído o tratamento ou retratamento endodôntico, por vezes faz-se necessário a instalação de um retentor intraradicular de fibra de vidro para criar condições adequadas à realização subsequente do tratamento reabilitador protético.
A cimentação do pino de fibra de vidro pode ser realizada em ato contínuo à finalização da intervenção endodôntica pelo próprio Endodontista (preferencialmente) ou ficar a cargo do profissional que confeccionará a prótese.
#endodontia #edodontics #tratamentodecanal #endodontiaavancada #pinodefibradevidro #retratamentodecanal


 

quinta-feira, 25 de março de 2021

Retratamento Endodôntico com localização do MV2.


O maior objetivo de um retratamento endodôntico é transpor uma condição inicial deficiente e inadequada, e alcançar uma situação que promova a permanência do dente na cavidade oral. 

Neste caso foi possível melhorar a limpeza, formatação e preenchimento dos canais, além de localizar um canal que não havia sido tratado anteriormente. 👊👊👊😀😀😀🦷🦷🦷
#endodontia #tratamentodecanal #endodontiaavancada #retratamentodecanal #endodontics #rootcanal #ahplus